Skip to content

Download E-books Harry Potter e a Câmara Secreta (Harry Potter, Book 2) PDF

By J. K. Rowling

Professional Brazilian Portuguese model from Pottermore.

Note: within the unique ebooks from Pottermore, there's a preview of the 1st bankruptcy of the next booklet (ie on the finish of the Philosopher's Stone, they comprise the 1st bankruptcy of the Chamber of Secrets), yet this can be lacking from this add. not likely a major deal though.

A trama de Harry Potter e a câmara secreta começa com o pequeno feiticeiro passando as férias na casa de seus tios trouxas (não-bruxos) e sendo, como sempre, muito maltratado. Seu aniversário de 12 anos é o pior de todos: ninguém o cumprimenta, não ganha nenhum presente, nada. O garoto, órfão de pai e mãe, chega a cantar Parabéns pra você baixinho como se quisesse, ele próprio, provar que está vivo. Para piorar, os tios o prendem num 4to cercado de grades com direito a apenas uma refeição por dia — que ele divide com sua coruja, igualmente encarcerada numa gaiola.

De repente, aparece um carro voador com amigos feiticeiros que livram Harry Potter dessa amargura. Essa é apenas a primeira cena em que Joanne brinca com situações-limite. Todo o livro é permeado de quase-desgraças e é, por isso mesmo, quase impossível parar de ler. A empreitada, dessa vez, consiste em localizar uma câmara secreta e liquidar o monstro que está atacando estudantes do colégio Hogwarts, no qual os pequenos feiticeiros estudam magia e se divertem aprendendo, por exemplo, a transformar as plantas usando adubo de dragão.

Show description

Read or Download Harry Potter e a Câmara Secreta (Harry Potter, Book 2) PDF

Similar Magic books

Magyk (Septimus Heap, Book 1)

The Magyk starts HereSeptimus Heap, the 7th son of the 7th son, disappears the evening he's born, stated lifeless by way of the midwife. that very same evening, the baby's father, Silas Heap, comes throughout an deserted baby within the snow—a infant woman with violet eyes. who's this mysterious female offspring, and what rather occurred to the lots' cherished son Septimus?

The Magician's Ward

12 months after Richard Merrill promised to make younger Kim a girl and a magician in MAIRELON THE MAGICIAN, Kim is learning that magic could be more durable than it looks--and being a girl in Regency London is even tougher. while catastrophe moves, Kim needs to negotiate the risks of London society, and he or she unearths that her talents as a magician and a girl are an issue of lifestyles and loss of life .

Wolf's Head, Wolf's Heart

A story of humane wolves, beastly males, and an excellent heroine who needs to locate her method in a perilous worldRaised through clever, language-using wolves, introduced again to the human society on the court docket of Hawk Haven, younger Firekeeper needed to learn how to take care of human society and its complexities . . . and came across that, for somebody raised in a wolf pack, the politics of a royal courtroom have been neither complicated nor totally unexpected.

Castle of Wizardry (The Belgariad, Book 4)

Finish OF THE QUESTIt had all began with the robbery of the Orb that had see you later safe the West from the evil God Torak. prior to that, Garion have been an easy farm boy. later on, he chanced on that his aunt was once quite the Sorceress Polgara and his grandfather used to be Belgarath, the everlasting guy. Then, at the lengthy quest to recuperate the Orb, Garion stumbled on to his dismay that he, too, was once a sorcerer.

Additional resources for Harry Potter e a Câmara Secreta (Harry Potter, Book 2)

Show sample text content

Harry se sobressaltou e se virou ainda de joelhos. Um garoto alto, de cabelos negros, o observava encostado à coluna mais próxima. Tinha os contornos estranhamente borrados, como se Harry o estivesse vendo através de uma janela embaçada. Mas não havia como se enganar... – Tom... Tom Riddle? Riddle confirmou com a cabeça, sem tirar os olhos do rosto de Harry. – Que é que você quer dizer com “ela não vai acordar”? – perguntou desesperado. – Ela não está... não está...? – Ainda está viva – disse Riddle. – Mas por um fio. Harry arregalou os olhos para ele. Tom Riddle estivera em Hogwarts cinquenta anos atrás, contudo achava-se ali parado, envolto por uma luz estranha e enevoada, com os seus exatos dezesseis anos. – Você é um fantasma? – perguntou Harry incerto. – Uma lembrança – disse Riddle com suavidade. – Conservada em um diário durante cinquenta anos. E apontou para o chão perto dos enormes pés da estátua. Caído ali encontrava-se o pequeno diário preto que Harry encontrara no banheiro da Murta Que Geme. Por um segundo, ele se perguntou como aquilo chegara ali – mas havia assuntos mais urgentes a tratar. – Você tem que me ajudar, Tom – disse Harry, levantando a cabeça de Gina outra vez. – Temos que tirá-la daqui. Tem um basilisco... Não sei onde está, mas pode chegar a qualquer momento... Por prefer, me ajude... Riddle não se mexeu. Harry, suando, conseguiu levantar metade do corpo de Gina do chão e se curvou para apanhar de novo sua varinha. Mas a varinha desaparecera. – Você viu? Ele ergueu a cabeça. Riddle continuava a observá-lo – girava a varinha de Harry entre os dedos compridos. – Obrigado – disse Harry, estendendo a mão para a varinha. Um sorriso encrespou os cantos da boca de Riddle. Continuava a encarar Harry, girando distraidamente a varinha. – Escute aqui – disse Harry com urgência, seus joelhos cedendo sob o peso morto de Gina. – Temos que ir embora! Se o basilisco chegar... – Ele não virá até ser chamado – disse Riddle calmamente. Harry depositou Gina outra vez no chão, incapaz de continuar a sustentá-la. – Que quer dizer? Olhe, me dê a minha varinha, posso precisar dela... O sorriso de Riddle se alargou. – Você não vai precisar dela. Harry encarou-o. – Que é que você quer dizer, não vou...? – Esperei muito pace por isto, Harry Potter. Por uma likelihood de vê-lo. De lhe falar. – Olhe – disse Harry, perdendo a paciência. – Acho que você não está entendendo. Estamos na Câmara Secreta. Podemos conversar depois... – Vamos conversar agora – disse Riddle, ainda sorrindo, e guardando a varinha no bolso. Harry encarou-o. Havia alguma coisa muito estranha acontecendo ali... – Como foi que Gina ficou assim? – perguntou com a voz lenta. – Bom, essa é uma pergunta interessante – disse Riddle em tom agradável. – E uma história bastante comprida. Suponho que a razão de Gina Weasley estar assim é porque abriu o coração e contou todos os seus segredos para um estranho invisível. – Do que é que você está falando? – Do diário. Do meu diário. A pequena Gina anda escrevendo nele há meses, me contou suas tristes preocupações e mágoas, como os irmãos implicavam com ela, como teve que vir para a escola com vestes e livros de segunda mão, como – os olhos de Riddle brilharam –, como achava que o bom, o famoso, o importante Harry Potter jamais iria gostar dela...

Rated 4.85 of 5 – based on 16 votes