Skip to content

Download E-books Harry Potter e as Relíquias da Morte (Harry Potter, Book 7) PDF

By J. K. Rowling

Reputable Brazilian Portuguese model from Pottermore.

Note: within the unique ebooks from Pottermore, there's a preview of the 1st bankruptcy of the next e-book (ie on the finish of the Philosopher's Stone, they contain the 1st bankruptcy of the Chamber of Secrets), yet this can be lacking from this add. not likely an incredible deal though.

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte, o encontro inevitável com Lord Voldemort não pode mais ser adiado. Harry, no entanto, precisa ganhar pace para encontrar as Horcruxes que ainda estão faltando. E, pelo caminho, descobrir o que são afinal as Relíquias da Morte e como ele pode usá-las contra o Lorde das Trevas. Seguindo as poucas pistas deixadas por Dumbledore, Harry conta apenas com a ajuda dos leais amigos Rony e Hermione.

Juntos, eles percorrem lugares nunca visitados, descobrem histórias nebulosas sobre pessoas queridas e acabam por desvendar mistérios que os incomodavam há muito pace. Enquanto Harry, Rony e Hermione vagam por diferentes lugares em busca de pistas, J. ok. Rowling vai revelando aspectos até então desconhecidos sobre os principais personagens.

Show description

Read or Download Harry Potter e as Relíquias da Morte (Harry Potter, Book 7) PDF

Similar Magic books

Magyk (Septimus Heap, Book 1)

The Magyk starts HereSeptimus Heap, the 7th son of the 7th son, disappears the evening he's born, said useless through the midwife. that very same evening, the baby's father, Silas Heap, comes throughout an deserted baby within the snow—a baby woman with violet eyes. who's this mysterious female offspring, and what relatively occurred to the tons' liked son Septimus?

The Magician's Ward

Three hundred and sixty five days after Richard Merrill promised to make younger Kim a woman and a magician in MAIRELON THE MAGICIAN, Kim is studying that magic will be more durable than it looks--and being a girl in Regency London is even more durable. whilst catastrophe moves, Kim needs to negotiate the risks of London society, and he or she reveals that her skills as a magician and a girl are an issue of existence and loss of life .

Wolf's Head, Wolf's Heart

A story of humane wolves, beastly males, and an excellent heroine who needs to locate her manner in a perilous worldRaised by way of clever, language-using wolves, introduced again to the human society on the courtroom of Hawk Haven, younger Firekeeper needed to learn how to deal with human society and its complexities . . . and came upon that, for somebody raised in a wolf pack, the politics of a royal court docket have been neither complicated nor entirely surprising.

Castle of Wizardry (The Belgariad, Book 4)

Finish OF THE QUESTIt had all all started with the robbery of the Orb that had see you later safe the West from the evil God Torak. prior to that, Garion have been an easy farm boy. in a while, he chanced on that his aunt was once quite the Sorceress Polgara and his grandfather used to be Belgarath, the everlasting guy. Then, at the lengthy quest to get better the Orb, Garion came across to his dismay that he, too, was once a sorcerer.

Additional resources for Harry Potter e as Relíquias da Morte (Harry Potter, Book 7)

Show sample text content

Weasley, que estava parado ao lado deles, segurando a vassoura. – Ainda não tenho certeza se é aconselhável, e certamente só deve ser usado em emergências. – Muito bem, então – anunciou Moody. – Todos a postos, por want; quero que todos saiam exatamente na mesma hora, ou invalidamos a ideia de despistamento. Todos montaram as vassouras. – Segure-se firme agora, Rony – disse Tonks, e Harry viu o amigo lançar um olhar furtivo e culpado a Lupin antes de colocar as mãos na cintura da bruxa. Hagrid deu partida na moto, que roncou como um dragão e o sidecar começou a vibrar. – Boa sorte a todos! – gritou Moody. – Vejo vocês dentro de uma meia hora n’A Toca. Quando european contar três. Um... dois... TRÊS. Ouviu-se o estrondo da moto, e Harry sentiu o sidecar avançar assustadoramente; estavam levantando voo em alta velocidade, seus olhos lacrimejavam um pouco, os cabelos foram varridos para trás. À sua volta, as vassouras subiam também: a cauda longa e negra de um testrálio ultrapassou-o. As pernas do garoto, entaladas no sidecar pela gaiola de Edwiges e a mochila, já estavam doendo e começando a ficar dormentes. Seu desconforto period tão grande que ele quase se esqueceu de lançar um último olhar ao número quatro da rua dos Alfeneiros; quando finalmente olhou pelo lado do sidecar, já não sabia distinguir qual period a casa. Eles foram subindo, sem parar, em direção ao céu... Então, de repente, sem ninguém saber de onde nem como, eles se viram cercados. No mínimo uns trinta vultos encapuzados pairavam no ar, formando um vasto círculo no meio do qual entraram os membros da Ordem, sem perceber... Gritos, clarões verdes para todo lado: Hagrid soltou um berro e a moto virou de cabeça para baixo. Harry perdeu a noção de onde estavam: lampiões de rua no alto, berros à sua volta, ele agarrado ao sidecar, como se disso dependesse sua vida. A gaiola de Edwiges, a Firebolt e a mochila escorregaram de baixo dos seus joelhos... – Não...! EDWIGES! A vassoura girou em direção ao solo, mas ele conseguiu, por um triz, agarrar a alça da mochila e a gaiola quando a moto voltou à posição general. Um segundo de alívio e outro clarão verde. A coruja soltou um grito agudo e tombou no chão da gaiola. – Não... NÃO! A moto avançava veloz; de relance, Harry viu Comensais da Morte encapuzados se dispersarem quando Hagrid rompeu o seu círculo. – Edwiges... Edwiges... A coruja, porém, continuou no chão da gaiola, imóvel e patética como um brinquedo. Harry não conseguia acreditar, e sentiu um supremo terror pelos companheiros. Espiou rapidamente por cima do ombro e viu uma massa de gente se deslocando, clarões verdes, dois pares montados em vassouras se distanciavam, mas não sabia dizer quem eram... – Hagrid, temos que voltar, temos que voltar! – berrou para sobrepor a voz ao ronco atroante do motor, empunhou a varinha, empurrou a gaiola de Edwiges para o chão, se recusando a aceitar que estivesse morta. – Hagrid, DÊ MEIA-VOLTA! – Minha obrigação é levar você em segurança, Harry! – berrou Hagrid, acelerando. – Pare... PARE! – gritou Harry.

Rated 4.83 of 5 – based on 29 votes