Skip to content

Download E-books Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Harry Potter, Book 3) PDF

By J. K. Rowling

Legit Brazilian Portuguese model from Pottermore.

Note: within the unique ebooks from Pottermore, there's a preview of the 1st bankruptcy of the subsequent publication (ie on the finish of the Philosopher's Stone, they contain the 1st bankruptcy of the Chamber of Secrets), yet this can be lacking from this add. probably not an enormous deal though.

As aulas estão de volta a Hogwarts e Harry Potter não vê a hora de embarcar no Expresso a vapor que o levará de volta à escola de bruxaria. Mais uma vez suas férias na rua dos Alfeneiros, four, foi triste e solitária. Tio Válter Dursley estava especialmente irritado com ele, porque seu amigo Rony Weasley tinha lhe telefonado. E ele não aceitava qualquer ligação de Harry com o mundo dos mágicos dentro de sua casa. A situação piorou ainda mais com a chegada de tia Guida, irmã de Válter. Harry já estava acostumado a ser humilhado pelos Dursley, mas quando tia Guida passou a ofender os pais de Harry, mortos pelo bruxo Voldemort, ele não agüentou e transformou-a num imenso balão. Irritado, fugiu da casa dos tios, indo se abrigar no Beco Diagonal.

Lá ele reencontra Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts e, para sua surpresa, é procurado pelo próprio Ministro da Magia. Sem que Harry saiba, o ministro está preocupado com o garoto, pois fugiu da prisão de Azkaban o perigoso bruxo Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço e traído os pais de Harry, entregando-os a Voldemort. Sob area of expertise escolta, o garoto é levado para Hogwarts...

Show description

Read or Download Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Harry Potter, Book 3) PDF

Best Magic books

Magyk (Septimus Heap, Book 1)

The Magyk starts off HereSeptimus Heap, the 7th son of the 7th son, disappears the evening he's born, suggested lifeless by means of the midwife. that very same evening, the baby's father, Silas Heap, comes throughout an deserted baby within the snow—a baby woman with violet eyes. who's this mysterious female descendant, and what fairly occurred to the tons' loved son Septimus?

The Magician's Ward

Twelve months after Richard Merrill promised to make younger Kim a woman and a magician in MAIRELON THE MAGICIAN, Kim is researching that magic may be more durable than it looks--and being a woman in Regency London is even tougher. whilst catastrophe moves, Kim needs to negotiate the risks of London society, and he or she reveals that her talents as a magician and a woman are an issue of lifestyles and dying .

Wolf's Head, Wolf's Heart

A story of humane wolves, beastly males, and a super heroine who needs to locate her method in a perilous worldRaised through clever, language-using wolves, introduced again to the human society on the court docket of Hawk Haven, younger Firekeeper needed to discover ways to take care of human society and its complexities . . . and came across that, for somebody raised in a wolf pack, the politics of a royal courtroom have been neither complicated nor utterly unusual.

Castle of Wizardry (The Belgariad, Book 4)

Finish OF THE QUESTIt had all all started with the robbery of the Orb that had see you later safe the West from the evil God Torak. ahead of that, Garion were an easy farm boy. in a while, he chanced on that his aunt was once rather the Sorceress Polgara and his grandfather was once Belgarath, the everlasting guy. Then, at the lengthy quest to get well the Orb, Garion came across to his dismay that he, too, was once a sorcerer.

Additional resources for Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Harry Potter, Book 3)

Show sample text content

Acham que vai reduzir as percentages deles... Tinha ventado uniqueness e chovido pesado o dia inteiro e mesmo enquanto Ol? vio falava ouvia-se o ronco distante do trov? o. ? N? o h? nada errado com o bra? o do Malfoy! ? disse Harry, furioso. ? ? tudo fingimento. ? ecu sei disso, mas n? o podemos provar ? argumentou Ol? vio amargurado. ? E temos treinado todos esses lances na suposi?? o de que ? amos jogar com Sonserina, e, em vez disso, ser? com Lufa-Lufa, que tem um estilo muito diferente. Agora eles est? o com um capit? o novo que tamb? m ? o apanhador, Cedrico Diggory... Angelina, Al? cia e Katie tiveram um repentino acesso de risadinhas. ? Qu??! ? exclamou Ol? vio, fechando a cara para esse comportamento alegre. ? ? aquele alto e bonito, n? o ?? ? perguntou Angelina. ? strong point e calad? o ? concluiu Katie, e as tr? s recome? aram a rir. ? Ele s? ? calad? o porque ? burro demais para juntar duas palavras ? comentou Fred, impaciente. ? N? o sei por que voc? est? preocupado, Ol? vio, Lufa-Lufa ? brincadeira de crian? a. Da ? ltima vez que jogamos com eles, Harry capturou o pomo em cinco minutos, n? o se lembram? ? Est? vamos jogando em condi?? es completamente diferentes! ? gritou Ol? vio, os olhos saltando ligeiramente das ? rbitas. ? Diggory armou uma lateral muito area of expertise! E ? um excelente apanhador! european estava com medo que voc? s fizessem essa leitura falsa! N? o podemos relaxar! Temos que manter o nosso foco! Sonserina est? tentando nos prejudicar! Precisamos ganhar! ? Ol? vio, v? se se acalma! ? disse Fred, ligeiramente assustado. ? Estamos levando Lufa-Lufa muito a s? rio. S? rio. Um dia antes da partida, o vento come? ou a uivar e a chuva a cair com mais for? a que nunca. Estava t? o escuro nos corredores e salas de aula que foi preciso acender mais archotes e lanternas. Os jogadores do time da Sonserina estavam de fato com um ar muito presun? oso e Malfoy mais que todos. ? Ah, se ao menos meu bra? o estivesse um pouquinho melhor! ? suspirava ele enquanto a tempestade l? fora a? oitava as janelas. Harry n? o tinha lugar na cabe? a para se preocupar com coisa alguma exceto o jogo do dia seguinte. Ol? vio wooden n? o parava de correr para ele nos intervalos das aulas para lhe passar novas dicas. A terceira vez que isto aconteceu, Ol? vio falou tanto pace que Harry, de repente, percebeu que se atrasara dez minutos para a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas e saiu correndo com Ol? vio gritando atr? s dele. ? Diggory muda de dire?? o muito r? pido, Harry, quem sabe voc? tenta cerc? -lo... Harry parou derrapando diante da classe de Defesa Contra as Artes das Trevas, abriu a porta e entrou correndo. ? Me desculpe o atraso, Prof. Lupin, eu... Mas n? o foi Lupin quem levantou a cabe? a para olh? -lo da escrivaninha do professor; foi Snape. ? A aula come? ou h? dez minutos, Potter, por isso acho que vou tirar dez pontos da Grifin? ria. Sente-se. Mas Harry n? o se mexeu. ? Onde est? o Prof. Lupin? ? perguntou. ? Ele disse que hoje est? se sentindo mal demais para dar aula ? respondeu Snape com um sorriso enviesado. ? Acho que o mandei sentar-se? Mas Harry continuou onde estava. ? Que ? que ele est? sentindo? Os olhos negros de Snape reluziram.

Rated 4.03 of 5 – based on 49 votes